O futuro pai: o que o preocupa, a quem se dirigir

O futuro pai: o que o preocupa, a quem se dirigir

 Durante os três primeiros meses de gravidez da minha mulher, ela não engordou nem um quilo. Eu engordei quatro e meio. Outros pais 'grávidos' queixam-se de enjoos matinais, desejos e dores nas costas: coisas que esperam na sua mulher e não neles próprios.

Sintomas físicos

Procurar ajuda

Sintomas emocionais

Formas de auto-ajuda

Sinais de cansaço


Sintomas físicos

Os investigadores afirmam que até cerca de 60% dos homens apresenta alguma categoria de sintomas físicos quando as suas mulheres estão grávidas. O mais provável é que estas mudanças sejam consequência do desejo do homem de participar, de ter um papel mais activo numa gravidez que, depois de tudo, há-de transformar a sua vida. Prepara-se para o seu novo papel de pai.


Procurar ajuda

Apesar de na maioria das culturas ocidentais se esperar que o pai tenha uma participação activa durante o parto, apenas recebem orientação a esse respeito. O que deve fazer? O que deve sentir durante os nove meses? O papel que o seu próprio pai desempenhou não lhe serve de muito. E por vezes, as brincadeiras de boa fé dos seus amigos e colegas de trabalho não contribuem para aliviar a sua ansiedade, antes pelo contrário.

Esta tensão pode aumentar quando o homem acompanha a sua esposa às consultas da rotina pré-parto e outras actividades "só para mulheres". O pai expectante sente-se esquisito e interroga-se: Onde fico? Para onde olho? O que devo sentir quando vejo esta pessoa tocar e examinar a minha mulher de forma tão íntima? Posso fazer perguntas sem parecer tolo?


Sintomas emocionais

Muitos homens também experimentam mudanças emocionais durante a gravidez, sobretudo mau humor e depressão. Estes sintomas podem estar relacionados com a sua preocupação por perder o amor e o afecto da sua mulher quando o bebé nascer.

Tal como a mãe gestante prepara o seu lar para a chegada do bebé, o homem pode apresentar condutas e preocupações previsíveis durante a gravidez . Uma preocupação habitual é a protecção da sua família. Alguns pais tomam-na à letra e instalam novas fechaduras ou reparam coisas na casa, enquanto que outros se preocupam em ganhar dinheiro suficiente e aceitam trabalhos extraordinários.


Formas de auto-ajuda

Ainda que por vezes o futuro pai não tenha a menor ideia de como agir durante a gravidez, as soluções podem ser muito simples. Falar sobre as suas preocupações é uma forma de lhes fazer frente e possivelmente de resolvê-las também. Mas, além disso, é uma forma de reflectir abertamente sobre o tipo de pai que lhe agradaria ser.

Para começar, pode fazer uma lista como a seguinte:

1. Fale com a sua esposa sobre os sentimentos que lhe suscita o facto de ser pai.
2. Acompanhe a sua esposa a tantas consultas de pré-parto quantas lhe forem possíveis. Recorde-se de que nestas ocasiões também você poderá colocar perguntas.
3. Frequentem juntos as aulas de preparação para o parto.
4. Partilhe os seus temores com o seu cônjuge e, se for possível, com outros homens . Deste modo evitará a sensação de isolamento que pode deteriorar uma relação.
5. Fale com o seu filho antes dele nascer. Não só é divertido como também deste modo o bebé terá para si uma presença mais real.


Sinais de cansaço

Em algumas ocasiões poderá necessitar de um pouco mais de ajuda, como muitos outros pais expectantes. Um indício disso é comprometer-se a realizar todo o tipo de projectos adicionais. Se isto acontecer, pode dever-se à existência de problemas não resolvidos. Novamente convém que fale com a sua mulher, com os seus amigos ou com outros homens. Também pode recorrer a um profissional que lhe preste assistência psicológica durante esta época.

Alguns problemas que podem levar um pai expectante a procurar um pouco de ajuda adicional:

- Falta de disposição para aceitar a gravidez . Está muito preocupado com a quantidade de mudanças que brevemente vão ter lugar na sua vida? Crê que a maioria delas será negativa?

- Grande preocupação que algo corra mal (que afecte o bebé ou a gravidez). Apesar de ser natural estar um pouco preocupado, tem a certeza de que haverá problemas? Não lhe apetece falar disto com o ginecologista ou com o médico de família?

- Lamentar uma perda na sua própria vida. Poderia ser a sua juventude, a sua liberdade ou algo totalmente diferente. O que significa ser pai para a percepção que você tem de si mesmo?

Não se surpreenda se notar que sofre alterações físicas ou emocionais durante a gravidez, visto que isto acontece à maioria dos homens. Alguns destes transtornos podem durar muito tempo, mas as suas consequências são positivas.

* Artigo realizado por Lawrence Kutner, Prof. Dr.
 

Pode interessar-te: