Como sei se estou à espera de gémeos idênticos ou falsos?

Como sei se estou à espera de gémeos idênticos ou falsos?

Regra geral, apenas é possível identificar se os gémeos são monozigóticos (idênticos) ou dizigóticos (falsos) ao examinar as membranas fetais (sacos amnióticos), as placentas e o sexo. Isto poderá ser feito com uma ecografia durante os primeiros meses de gravidez ou com um exame das membranas e das placentas na altura do parto. Os gémeos monozigóticos partilham a mesma camada exterior do saco amniótico e a placenta, enquanto que os gémeos dizigóticos têm duas placentas e dois sacos separados. No entanto, pode ser mais complicado se se suspeitar que duas placentas separadas de gémeos dizigóticos se fundiram numa só placenta. Nesse caso, poderão ser feitos estudos genéticos para determinar se os gémeos são idênticos ou falsos. Teoricamente é possível que os gémeos idênticos ou falsos tenham uma maior incidência de pés deformados devido à sua posição no útero, mas isso pode ver-se por ecografia na maioria dos casos. As estatísticas mostram que a frequência de todos os problemas menores no desenvolvimento dos gémeos idênticos e falsos (todos os problemas agrupados, e não só os pés deformados) é de cerca de 4%, em comparação com cerca de 2,5% das crianças frutos de uma gravidez única. Embora seja maior a proporção para os gémeos idênticos e falsos, continua a ser uma percentagem muito pequena. Portanto, no seu caso, eu relaxaria, seguiria as recomendações do médico e apreciaria a gravidez!

Pode interessar-te: