Estou grávida e quero pintar o cabelo. Posso fazê-lo já ou é melhor esperar pelo segundo trimestre?

Conteúdos
verificados por:

Partnership logo

Estou grávida e quero pintar o cabelo. Posso fazê-lo já ou é melhor esperar pelo segundo trimestre?

O problema das colorações ou das permanentes durante a gravidez é que as soluções químicas que se utilizam podem ser absorvidas através do couro cabeludo para o fluxo sanguíneo. Apesar de os estudos realizados até ao momento não demonstrarem que existe relação entre estas substâncias químicas e as malformações de nascimento, desconhecem-se os efeitos que produzem durante a gestação. Mesmo que se faça apenas umas madeixas, será difícil o cabeleireiro evitar aplicar uma única gota de tinta no couro cabeludo. E embora o risco para o feto seja maior durante o primeiro trimestre de desenvolvimento embrionário, não se sabe que outros efeitos podem ter as substâncias químicas durante o segundo ou o terceiro trimestre. Eu aconselharia que pedisse ao seu cabeleireiro informações sobre produtos vegetais naturais para pintar o cabelo ou que se contentasse com a sua cor natural durante a gestação. Quando o bebé tiver nascido, pode oferecer a si própria uma sessão especial de cabeleireiro. Será mais do que merecida!

Pode interessar-te: