Ainda que seja possível, ao iniciar uma gravidez, a quantidade de leite diminui, pelo que é aconselhável passar a uma alimentação complementar.

Seria pouco prudente continuar a amamentar durante a gravidez, visto que a estimulação do mamilo poderia desencadear contracções e parto prematuro.