É mais habitual ter gémeos falsos que gémeos verdadeiros? Normalmente, alcançam o mesmo tamanho dent

Conteúdos
verificados por:

Partnership logo

É mais habitual ter gémeos falsos que gémeos verdadeiros? Normalmente, alcançam o mesmo tamanho dent

Os gémeos falsos formam-se como consequência da fertilização simultânea de dois óvulos diferentes. Estas crianças são irmãs do mesmo modo que se tivessem sido concebidas com anos de diferença, só que partilham o mesmo útero. Os gémeos falsos podem ser do mesmo sexo ou de sexo diferente. Dado que os gémeos falsos são consequência da ovulação múltipla, nos últimos anos o seu número aumentou, sobretudo com a crescente utilização de fármacos para a fertilidade que causam ovulação múltipla. Aproximadamente 4 em cada 1.000 nascimentos são gémeos verdadeiros, enquanto que os números de gémeos falsos variam segundo o grupo étnico e a idade da mãe. As mulheres jovens (com menos de 20 anos) têm poucos gémeos falsos (cerca de 3 em cada 1.000 nascimentos), enquanto que a proporção é maior nas mulheres dos 35 aos 40 anos (14 em cada 1.000 nascimentos). As mulheres asiáticas são as que menos gémeos falsos têm e as de raça negra as que têm mais.

Pode interessar-te:

Fraldas

Fraldas Dodot Sensitive

A nossa máxima proteção da pele