É sensato atrasar a introdução de alimentos sólidos?

É sensato atrasar a introdução de alimentos sólidos?

Ao que parece você é uma mãe informada e cuidadosa , está no bom caminho para que a sua filha tenha a melhor saúde possível. Hoje em dia recomenda-se atrasar a introdução de alimentos sólidos para todos os bebés até que tenham 6 meses. Nas famílias com um histórico considerável de alergias isto é ainda mais importante. Também aconselhamos ir introduzindo os novos alimentos muito lentamente e evitar outros, tais como citrinos e claras de ovo, até ao segundo ano de idade. Discuta as suas preocupações com o pediatra e elabore um plano para as refeições. Uma opção pode consistir em utilizar cereais para bebé enriquecidos com ferro, tais como arroz e cevada. Comece a dar-lhe aos 6 meses, para que ela receba o ferro, a vitamina B e as calorias de que necessita com essa idade. Não introduza outros alimentos que possam desencadear alergias. Se atrasar a introdução de todos os alimentos sólidos até que tenha oito meses, talvez diminua o crescimento dela ou a exponha ao risco de anemia. Certifique-se de que vai às consultas periódicas e informe o médico de qualquer tipo de erupções cutâneas, dores de estômago ou outros problemas. Quanto às pessoas que pensam que o seu plano é estranho, dê-lhes a saber que está a actuar de acordo com as melhores sugestões actuais e com o apoio de um médico em quem confia. Os novos conhecimentos acerca da nutrição vieram alterar os conselhos que podemos dar. Alguns consideram que comer alimentos sólidos com pouca idade é um sinal de precocidade. Mas não o é e, na maioria das vezes, não beneficia a criança. Não ceda!

Pode interessar-te: