Segurança para as crianças no automóvel

Conteúdos
verificados por:

Partnership logo

Segurança para as crianças no automóvel

Considerações gerais

Os sistemas de retenção infantil (SRI) são os dispositivos que permitem aos bebés e crianças viajar de automóvel de forma segura. Até terem 12 anos ou 1,35m de altura, a lei exige a utilização destes sistemas nas suas deslocações.

Usados adequadamente, os sistemas de retenção infantil podem reduzir o risco de lesões até 75%.

 

Recomendações

O airbag deve estar sempre desativado. Esta medida é especialmente importante se o bebé viajar no sentido contrário ao da marcha.

O sistema de segurança infantil deve ser sempre utilizado, mesmo nos trajetos mais curtos.

à recomendável que as crianças viajem no sentido contrário ao da marcha o maior tempo possível; de preferência, até aos 4 anos.

O cinto de segurança ou os arneses nunca devem ficar torcidos ou dobrados.

A cabeça da criança nunca deve ultrapassar a parte de cima do encosto da cadeirinha. Se isso acontecer, significa que está na hora de passar para os sistemas de retenção de um grupo superior.

 

Sugestões para adquirir um sistema de retenção infantil

A cadeira deve estar sempre homologada: procure a etiqueta com o E, que lhe indicará para que veículos é válida e o peso das crianças que podem utilizá-la.

Experimente a cadeira que estiver a pensar adquirir com o seu bebé e avalie a sua comodidade e adaptação, garantindo assim que ele a aceita bem.

Certifique-se de que a cadeira se adapta perfeitamente ao assento do seu automóvel e aos cintos de segurança.

Peça para lhe explicarem as instruções de instalação e valorize positivamente as que forem mais simples.

Se o seu veículo o tiver incorporado, o sistema de fixação ISOFIX é o mais seguro e prático. Além disso, assegura uma correta fixação.

 

Em seguida, explicaremos as principais características básicas dos diversos tipos de cadeiras de segurança para crianças no automóvel, em função da sua idade e peso.

Si la banda del hombro toca el cuello o pasa bajo el mentón, el niño debe seguir utilizando un asiento elevador. Nunca se debe ir con la banda debajo del brazo o detrás de la espalda.

 

Grupo 0 (até aos 12 meses)

Cesto ou alcofa homologada, exclusivos para bebés

  • Só podem ser utilizados no assento de trás do automóvel.
  • Devem ser montados na posição horizontal e transversal à marcha.
  • Devem ter duas alças de fixação no corpo do bebé.
  • Fixam-se através do sistema de fixação ISOFIX ou dos dois cintos de segurança.

 

Grupo 0+ (até aos 18 meses ou 13kg)

Cadeiras exclusivas para bebés (tipo "maxi-cosi")

  • Podem ser colocadas no assento de trás ou da frente, desde que o airbag do assento do pendura esteja desativado.
  • Devem ser sempre montadas no sentido contrário ao da marcha do veículo.
  • Fixam-se através do sistema de fixação ISOFIX ou do cinto de segurança.
  • São portáteis, pequenas e ajustam-se melhor aos recém-nascidos.
  • Devem ficar posicionadas com uma inclinação inferior a 45°.
  • O fecho central deve assentar no tórax da criança, e não no pescoço ou no abdómen.

 

Grupo 0-1 e 1 (até aos 4 anos ou 18kg)

Cadeiras conversíveis

  • São maiores e mais pesadas, mas podem ser utilizadas durante mais tempo.
  • Devem ser instaladas no automóvel e convém sempre confirmar que estão bem fixas antes de sentar a criança.
  • Podem ser usadas de forma que o bebé fique a olhar para trás ou para a frente. Ã aconselhável que o bebé viaje no sentido contrário ao da marcha o maior tempo possível, de preferência até aos 4 anos.
  • Fixam-se através do sistema de fixação ISOFIX ou do cinto de segurança.
  • Quando a criança ficar a olhar para trás, as ranhuras superiores do arnês devem assentar-lhe abaixo ou ao nível das omoplatas. Quando usadas com o bebé a olhar para a frente, devem ficar ao mesmo nível ou acima.
  • O fecho central deve assentar no tórax da criança, e não no pescoço ou no abdómen..

 

Sistema ISOFIX

O sistema ISOFIX é um sistema de fixação entre as cadeiras de segurança infantis e os assentos dos veículos que simplifica a operação de fixar a cadeira ao veículo de forma segura, evitando erros de montagem ou de tensão dos sistemas de retenção.

A cadeira de segurança infantil contém pontos de fixação que são acoplados em conetores situados no assento do automóvel, entre o encosto e o próprio assento. Além disso, conta com um terceiro ponto de fixação, chamado Top Tether, que pode encontrar-se na parte de trás do assento, junto ao encosto de cabeça ou no chão da mala.

Antes de comprar uma cadeira, certifique-se de que o seu veículo permite este sistema de fixação. Caso contrário, pode usar os cintos de segurança do veículo, igualmente muito seguros, mas que requerem uma maior atenção na sua montagem.

 

Prematuros e bebés pequenos

Os mais adequados são as cadeiras exclusivas para bebés (tipo "maxi-cosi") que tenham menos de 12,5cm desde a saída da correia de entrepernas ao encosto da cadeira (evitam que o bebé possa escorregar) e menos de 25cm desde a saída superior da correia do arnês à parte inferior da cadeira (evitam que o arnês se cruze sobre as orelhas do bebé).

Além disso, será necessário colocar toalhas enroladas a servir de apoio em ambos os lados do bebé para o centrar na cadeira, bem como na zona de entrepernas, para evitar que possa escorregar.

A alcofa é também uma boa alternativa relativamente à segurança, desde que esteja homologada, instalada no assento de trás na posição horizontal, fixa ao automóvel com os dois cintos de segurança e com duas alças de fixação no corpo do bebé.

Encontra-se, sobretudo, indicada para as 2 a 4 primeiras semanas de vida e, especialmente, para bebés prematuros ou com hipotonia, que levarão mais tempo a suster a cabeça e a parte superior do tronco.

 

Crianças com menos de 13kg de qualquer idade ou com menos de um ano e de qualquer peso

  • Ã obrigatório viajarem sempre no sentido contrário ao da marcha.
  • Durante os primeiros meses de vida, é aconselhável usar cadeiras exclusivas para bebés (tipo "maxi-cosi"). Em alternativa, podem usar-se cadeiras conversíveis.
  • Quando já pesarem mais de 10kg mas ainda não tiverem completado um ano, deverão usar uma cadeira conversível homologada para crianças com mais de 10kg.

 

Crianças com mais de 13kg e mais de um ano de idade

O mais adequado é a cadeira conversível. Quando a criança for suficientemente grande para viajar a olhar para a frente (assim que atinja os 15kg), será necessário fazer três ajustes:

  • Situar as correias das costas na posição em que fiquem acima das suas omoplatas.
  • Colocar a cadeira na posição reta.
  • Passar o cinto de segurança do veículo através das ranhuras da parte da frente da cadeirinha.

 

Crianças com mais de 20kg e crianças com menos peso mas cujas orelhas alcançam a parte superior da cadeira conversível anterior

O mais adequado será a cadeira elevatória ou a cadeira virada para a frente.

  • A cadeira virada para a frente sem bandeja é utilizada com o cinto das costas e o cinto pélvico. Ela eleva a criança de forma que o cinto de segurança do automóvel fique corretamente ajustado.
  • A cadeira virada para a frente com bandeja é utilizada quando o veículo só tem cinto pélvico e não de costas. Por não oferecer proteção suficiente na parte superior do corpo, não é adequada para crianças com mais de 20kg.

 

Quando podemos levar a criança sem cadeirinha?

  • Normalmente, deverá pesar mais de 40kg ou medir mais de 1,50m.
  • O cinto de segurança do automóvel deverá ficar-lhe sobre o ombro e não sobre o pescoço.
  • O cinto pélvico deverá assentar-lhe sobre a pélvis e não sobre o abdómen.
  • A zona atrás dos joelhos deverá ficar bem ajustada à parte anterior do assento.

Fonte:

Autoridade Nacional Segurança Rodoviária (ANSR)

Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI)


Artigos relacionados:



Pode interessar-te:

Fraldas

Fraldas Dodot Básico

A qualidade de Dodot a um preço básico