A391

Qual a sua opinião do teste

Parece-me interessante que me faça esta pergunta, visto que é um tema verdadeiramente importante que as mulheres necessitam entender bem. No entanto, não se trata de uma questão simples, pelo que deve continuar a ler. Atribui-se nomes diferentes ao "triple screening". Em algumas zonas chamam-lhe "o teste de Bart", noutras o teste "duplo" ou "quádruplo" e noutras é simplesmente o teste da síndrome de Down. Basicamente, trata-se de analisar o sangue da mãe para procurar substâncias produzidas pelo feto que podem ser detectadas entre as semanas 13 e 19 da gestação. Estas substâncias só devem estar presentes na mãe em níveis normais. Estes níveis tendem a ser ligeiramente diferentes se o bebé gerado tiver a síndrome de Down, um atraso mental que tem a sua origem na presença de uma cópia adicional do cromossoma 21.

O "triple screening" não é mais do que um teste de probabilidade, que não pode considerar-se um diagnóstico definitivo. Quer dizer, indica o risco que existe, mas não se o bebé está afectado. Para sabê-lo com segurança, o médico realizará uma amniocentese (um teste que consiste em introduzir uma agulha no útero e extrair algum líquido). A amniocentese sim, diagnostica a síndrome de Down.

O teste "triple" e a amniocentese apresentam dois problemas. Podem criar ansiedade, se bem que se deva assinalar que, em muitos casos, essa ansiedade já existe e então estes testes neutralizam-na. Mas o mais importante é que a amniocentese é um teste que implica risco de aborto de um bebé normal, numa proporção ligeiramente inferior a 1%.

A questão verdadeiramente difícil é decidir se convém fazer o teste. Primeiro tem que falar com a sua família para decidir o que fazer se o teste for positivo (quer dizer, se o bebé tiver algum problema). Algumas mulheres talvez desejem interromper a gravidez. Outras dizem muito claramente que nunca o fariam. Ninguém pode tomar esta decisão excepto você mesma. Regra geral, as mulheres que jamais fariam a interrupção decidem não se submeter ao teste "triple". No entanto, é possível que você queira saber como está o bebé antes que nasça. Se o seu bebé tiver a síndrome de Down, talvez queira estar preparada. Leia, aprenda e decida por si mesma o que é melhor para si e para a sua família.

Pode interessar-te: