Pintar e desenhar

Pintar e desenhar

A maioria das crianças gosta de pintar e desenhar. Em seguida dão-se algumas indicações para fomentar a sua criatividade e incluir o desenho e a pintura na sua vida quotidiana.

Crie um espaço artístico. Encontre um lugar adequado para que o seu filho experimente sem restrições os materiais mais sujos. Para pintar, é conveniente que haja um lavatório próximo. A criança pode pintar num cavalete ou sobre uma superfície plana, como uma mesa de cozinha ou de trabalho. Também pode colocar alguns jornais no chão.

Ponha utensílios à sua disposição. Deixe ao alcance da criança lápis, marcadores não tóxicos e outros materiais para desenhar. Também pode guardar estes utensílios em cestos do lixo abertos e deixá-los numa prateleira baixa.

Crie expectativas adequadas. Lembre à criança que os lápis e os marcadores são para desenhar no papel, não para comer nem para pintar as paredes.

Comece a pouco e pouco. Quando tirar as tintas, coloque apenas um pouco em cada recipiente. Também pode introduzir as cores uma por uma, se for a primeira vez que a sua criança experimenta a pintura; um excesso de opções pode aborrecê-la. Sugestão: adicione um pouco de detergente líquido em cada recipiente. Assim poderá tirar a tinta da roupa mais facilmente.

Não se vá embora. Demonstre à criança que se interessa pelo que ela faz. A sua presença inspira-a e motiva-a. Mas também deve deixar claro que a obra é dela e não sua. Que a criança pinte ou desenhe para sua própria satisfação e não para si.

Exerça a crítica com cuidado. Convide a criança a reflectir sobre o seu trabalho. Por exemplo, pergunte-lhe "O que achas se me falares da tua pintura?", em vez de "Que é isso?", porque frequentemente não obterá uma resposta concreta. Reaja ao seu trabalho com comentários positivos e específicos acerca das técnicas que utilizou ou da forma como manuseou os materiais. Por exemplo, pode dizer "Vejo que fizeste uma linha vermelha e curva", em vez do clássico "Que bonito!". Os comentários específicos ensinam a criança a ter consciência dos detalhes do seu trabalho.

Crie um arquivo artístico preciso. Date os desenhos ou as pinturas da criança, para conservar um arquivo do seu trabalho. Dentro de alguns anos ele agradecer-lhe-á.

As crianças vão conhecendo o desenho e a pintura ao longo do tempo e em etapas previsíveis, através de muitas experiências com os materiais artísticos. O processo começa com rabiscos espontâneos e continua com rabiscos mais controlados, atrás dos quais chega a capacidade para criar arte representativa. Enquanto experimenta com os pincéis, os lápis de cera e os lápis, as crianças desenvolvem a motricidade das mãos e dos dedos.
 

Pode interessar-te:

Toalhitas

Toalhitas Dodot Activity

Cuidado máximo de Dodot.