Dermatite atópica

Dermatite atópica

Normas para pais com crianças que padecem de dermatite a tópica

Algumas crianças têm uma tendência especial para padecer de problemas dermatológicos: trata-se da chamada dermatite a tópica.

A dermatite a tópica é uma doença inflamatória crónica, genética, que se apresenta sob forma de erupções. O mais característico é a berbulhagem intensa e o aparecimento de lesões de tipo eczema toso na pele. Estas erupções costumam melhorar e inclusive desaparecer com a idade, mas podem persistir na idade adulta. Não se trata de uma doença contagiosa, mas de um tipo de pele especialmente reactiva a diferentes agentes ou situações a que se expõe a criança ou o adulto. Os adultos afectados com profissões que necessitam de uma exposição da pele a produtos irritantes ou que devem submeter-se a lavagens muito frequentes das mãos são mais susceptíveis de apresentar sintomas persistentes.

Como suspeitar que uma criança padece de dermatite a tópica?

Os problemas repetidos com inflamação da pele costumam aparecer entre o 2º e o 3º mês de vida, quase sempre durante os primeiros 5 anos. A berbulhagem ou o prurido é o sintoma predominante. As lesões eczema tosas aparecem na cara (nos bebés mais pequenos), nas mãos (quando começam a tocar em objectos ou em alimentos), na dobra do cotovelo, atrás dos joelhos, tornozelos, pulsos, na parte posterior da orelha ou no orifício dos brincos. A pele costuma estar seca aparecendo, às vezes, grânulos como a “pele de galinha” nos braços e músculos. No Verão, as lesões podem aparecer como manchas mais claras (dartros). O diagnóstico é clínico, não sendo necessária nenhuma análise de sangue.

Como evitar as erupções de dermatite a tópica?

O mais importante é manter a pele bem hidratada e evitar produtos irritantes.

Higiene e cuidado corporal da pele a tópica

Para o cuidado diário da pele, basta observar algumas normas:
1) Não utilizar sabão para a higiene diária, basta só com água. Nas zonas mais sujas: (genitais, pés e zonas de fricção) uma preparação à base de aveia ou um agente de limpeza “sem sabão” evitará a agressão da pele. Utilizar quantidades pequenas e imediatamente antes de sair da banheira.
2) Devem evitar-se esponjas ou luvas.
3) Um banho emoliente – acrescentando óleos de banho na água - a 32-33º C é preferível ao duche, já que suaviza a pele, acalma a irritação e hidrata a pele, aumentando a sua flexibilidade.
4) Secar suavemente sem esfregar, mantendo um certo grau de humidade, aplicando imediatamente um creme hidratante – melhor que uma loção - em quantidades generosas. Se a pele estiver muito seca, o creme hidratante pode aplicar-se duas vezes por dia.
5) As unhas devem estar sempre bem curtas e limpas para evitar lesões por arranhões.

Recomendações gerais

O doente com dermatite a tópica tem de seguir uma série de recomendações que são fundamentais para o controlo da sua doença com a consequente melhoria dos sintomas:
1) Tentar identificar e evitar os possíveis factores desencadeantes em cada caso: pele seca, stress, produtos irritantes (alguns tecidos sintéticos, cloro das piscinas, alimentos ácidos como molho de tomate), infecções (deve suspeitar-se de infecções se a pele supurar ou apresentar crostas amarelas), suor.
2) Não vestir roupa muito justa, áspera ou irritante (lã, tecidos sintéticos, pele, pêlo de animais). A roupa mais adequada é a de algodão, sobretudo para a roupa interior, as meias e os pijamas.
3) Deve evitar agasalhar-se excessivamente, especialmente durante a noite.
4) A roupa deve ser lavada com um detergente suave, evitando a utilização excessiva de suavizantes, sendo fundamental ser bem enxaguada.
5) Se existirem lesões nos pés, não é conveniente utilizar sapatos que não favoreçam a transpiração ou que sejam fabricados com produtos sintéticos (desportivos com interior sintético – especialmente no Verão -, sapatilhas de lona, nem calçado com sola de borracha em contacto directo com a pele).
6) Evitar a presença de animais domésticos (gatos, cães, pássaros), assim como evitar a roupa de cama com penas.
7) Evitar uma exposição excessiva ao pó doméstico, dado que contém insectos microscópicos (ácaros), que poderiam agravar o eczema.
8) Quanto à alimentação, regra geral, não existe nenhum regime específico, excepto se houver dados sugestivos de alergia alimentar, que deverá por de parte através de testes de alergia. Os alimentos mais alérgicos são o ovo, o leite, os frutos secos, a soja, o trigo e o marisco.

Tratamento médico

Tem de ser sempre vigiado pelo pediatra ou pelo dermatologista. Os cremes com cortisona são o pilar do tratamento das erupções de eczema. Existem preparações de quantidades diferentes, pelo que é preciso individualizar cada caso de acordo com a gravidade. Os antibióticos, os anti-histamínicos ou as compressas húmidas também são úteis em algumas ocasiões, assim como novos imunomoduladores nos casos mais difíceis.

O meu filho tem eczema: que cremes recomenda?

O mais importante é a hidratação diária com cremes corporais hidratantes e oleosos (melhor do que leites ou loções). Se a pele for muito seca, deverá aplicar de manhã e à noite. Em caso de erupção muito inflamada, antes do creme hidratante devem utilizar-se cremes ou pomadas específicas, sob supervisão médica, que normalmente têm cortisona ou os seus derivados na sua composição.


À minha filha foi-lhe diagnosticada dermatite a tópica: demorará muito a passar?

à comum este tipo de dermatite começar por apresentar sintomas aos 2 ou 3 meses de idade, durando normalmente até aos 5 anos, embora possa persistir até à idade adulta com formas geralmente mais leves.


Porque é que aparecem eczemas ao meu filho? Aparte disso, é super saudável e penso que tenho todos os cuidados com ele.

Os eczemas são resultado de uma inflamação da pele, embora a sua causa não seja bem conhecida. Costumam aparecer em algumas pessoas com uma certa predisposição para terem determinadas alergias, o que se designa por “constituição a tópica”. Muitas vezes há outros membros da família com propensão para alergias da pele ou do tipo respiratório (rinite, conjuntivite ou asma). A secura da pele, o stress, alguns irritantes, infecções ou o próprio suor podem desencadear e originar uma erupção de eczema.


O meu filho tem eczema. Quando era bebé tinha na cara e nas mãos. Agora, com 18 meses, tem mais nas pernas. Pode aparecer em qualquer parte do corpo?

Nos bebés costuma começar pela cara e alastrar-se a qualquer parte do corpo. Quando começam a mexer em objectos, pode aparecer também nas mãos. Nas crianças mais crescidas as zonas principais são normalmente as pregas do cotovelo, atrás dos joelhos, pulsos, tornozelos, atrás da orelha ou à volta do furo dos brincos.


O meu bebé tem eczema e não melhora, apesar de ter experimentado vários cremes. Não será alérgico a alguma coisa?

Pode ser alérgico a algum alimento, pó ou pólenes, pêlo de cão ou gato ou de outro animal, mas nem todos os pacientes com eczema a tópico têm uma base alérgica. Para descobrir, é conveniente fazer os testes cutâneos a diferentes alergénios por parte de um especialista em alergia infantil. Consulte o seu pediatra.


O meu filho tem pele a tópica. Tenho que lhe dar banho todos os dias?

Pode dar-lhe banho todos os dias, embora deva evitar ressequir a pele. O banho diário com óleo corporal em água morna (menos de 33º C) pode ajudar a suavizar a pele e a acalmar a sua irritação, evitando que seque. Depois do banho, aplicar creme hidratante (melhor do que loção ou leite corporal) sobre a pele ligeiramente húmida.


Para a higiene diária do meu filho, que tem eczema, devo utilizar algum sabão especial?

O melhor é não utilizar qualquer tipo de sabão, mas sim água. Se houver zonas especialmente sujas, recomenda-se gel de aveia ou produtos de limpeza “sem sabão” à venda nas farmácias, em pouca quantidade, e antes de sair da banheira. Pode adicionar óleo à água do banho, tomando precauções para evitar que a criança escorregue na banheira ou no duche por causa do mesmo.

O eczema é uma infecção? Como posso evitar o contágio? Ã que estou muito preocupada pois o meu marido tem fungos nos pés.

Muito raramente a infecção é causa de eczemas. Pelo contrário, uma pele com eczema a tópico pode infectar com maior facilidade do que a pele não a tópica, quase sempre devido ao facto das pessoas se coçarem com as mãos sujas ou as unhas compridas. Neste caso, a pele supura ou apresenta crostas amarelas. O seu marido não deve partilhar toalhas, chinelos ou tapetes do banho com os restantes membros da família e deve aplicar-se um produto anti fúngico específico receitado pelo dermatologista.


Uma criança que sofra de pele a tópica pode ir à praia e à piscina?

Pode, mas é mais aconselhável o banho em água do mar do que na das piscinas, especialmente se a água tiver cloro, que resseca muito a pele. Depois do banho, aplicar abundantemente um creme hidratante (que também pode ser creme com factor de protecção solar adequado para peles a tópicas), o que ajudará a suavizar a pele e a evitar que fique excessivamente ressequida.


O meu bebé sofre de eczema. Será que tem muita comichão? O que lhe posso dar?

à característico do eczema ou da dermatite a tópica o seu carácter recorrente e o prurido intenso durante as erupções. Os bebés mostram-se irritáveis e coçam-se contra a roupa da cama. Os mais crescidos podem mesmo fazer feridas ou sangrar por se coçarem tanto. A hidratação ou o uso combinado de cremes com cortisona diminuem normalmente o prurido. Não é conveniente agasalhar demasiado, devendo usar roupa de algodão, larga e confortável. Em alguns casos, um anti-histamínico pode ser útil, sob supervisão médica.
 

Pode interessar-te:

Toalhitas

Toalhitas Dodot

Limpeza e cuidado numa só passagem