Actividades para o desenvolvimento psicomotor de bebés dos 9 aos 12 meses

Actividades para o desenvolvimento psicomotor de bebés dos 9 aos 12 meses

Esta é uma etapa ao longo da qual a criança vai ganhando confiança. Ã um período em que a deslocação é consolidada ou aperfeiçoada através do gatinhar sobre as mãos, com os braços esticados e sobre os joelhos. Superada a aprendizagem do gatinhar, a deslocação começa a ser mais sincronizada, com apoio sobre as palmas das mãos e as plantas dos pés (como um urso). Durante esta fase, o bebé consegue também utilizar outras formas de deslocação (sentado ou com uma perna flectida).

Neste período, a criança pode começar a andar. Consegue pôr-se de pé e levanta um pé enquanto se apoia sobre o outro com força. Para começar a andar, podem pegar-lhe primeiro pelas duas mãos e, posteriormente, por uma. Mais tarde, poderá apoiar-se nos móveis.

à capaz de pegar num objecto pequeno fazendo força com o dedo polegar e o indicador.

Quando o chamam pelo nome, reconhece-o e responde. Repete palavras simples, como papá e mamã, mostrando a sua evolução na linguagem oral.

Nesta etapa surgem os comportamentos intencionais, isto é, a criança é capaz de coordenar meios e fins. As suas acções têm uma intenção óbvia, destinam-se já a alcançar um objectivo e parecem mais “inteligentes” do que nas etapas anteriores. Consegue, por exemplo, largar um peluche para pegar num carrinho. Esta sequência de meios-fins tem uma importância vital no desenvolvimento do conceito do objecto.

Durante este período, o bebé já consegue interpretar indícios de acontecimentos imediatos que não estão directamente ligados ao seu próprio comportamento sob a forma de estímulo-resposta. Portanto, é capaz de prever que algo do mundo exterior vai acontecer. Isso ajuda-o a começar a compreender que o mundo exterior obedece a uma ordem e que ele tem um certo controlo sobre si mesmo.

Contrariamente ao estádio anterior, a partir de agora o bebé é capaz de imitar comportamentos diferentes das suas actividades habituais. Isto quer dizer que, de agora em diante, consegue aprender por imitação, ou seja, consegue aprender o que os outros fazem simplesmente observando. A aprendizagem através da observação é uma fonte muito importante de progresso intelectual e evolutivo. Além disso, o bebé é capaz de imitar acções, embora não se veja nem se ouça a si mesmo a realizá-las.

Nesta idade, brincar começa a tornar-se uma actividade muito mais divertida e lúdica para o bebé. Começa a divertir-se com o “meio” e não apenas com o “fim”. Isto é, é capaz de ignorar porque é que leva a cabo uma acção para exercitar o meio por simples prazer. Por exemplo, gosta de esticar uma corda à qual um brinquedo está atado, esquecendo o motivo pelo qual a estica (para poder alcançar o brinquedo).

A brincadeira, tal como a imitação, começa a converter-se num instrumento característico do desenvolvimento intelectual, constituindo um elemento fundamental para a aprendizagem e para o desenvolvimento mental da criança.

Actividades de estimulação

• Nesta etapa, podem gatinhar ao lado do bebé.
• Brinquem atirando-lhe a bola e incentivando-o a devolvê-la.
• Preparem tachos ou caixas. Façam com que a criança as abra e veja os objectos que estão no seu interior. Podem brincar a colocar e a retirar os objectos do seu interior.
• Com o bebé sentado no berço, podem mostrar-lhe um brinquedo do lado de fora, estimulando-o por gestos a pôr-se de pé (com a ajuda das grades do berço). Depois de o conseguir, dêem-lhe o brinquedo para que segure nele com a mão, incitando-o assim a permanecer de pé apoiando-se só com uma mão.
• Podem colocar brinquedos no fundo do berço enquanto a criança estiver de pé, para estimulá-la a sentar-se e a agarrar neles.
• Ponham a criança perto de uma cadeira e estimulem-na a pôr-se de pé agarrando-se às pernas da mesma, enquanto um de vós está sentado nela para evitar que caia.
• Peguem na criança por uma ou por ambas as mãos e façam-na andar aproximando-a de um espelho. Podem fazer caretas e rir-se para que vos imite e se reconheça ao espelho.
• Peguem numa bola e atirem-na, para que role pelo chão, e incentivem a criança a ir atrás dela, dando-lhe a mão.
 

Pode interessar-te:

Toalhitas

Toalhitas Dodot

Limpeza e cuidado numa só passagem