Enurese nocturna secundária.

Conteúdos
verificados por:

Partnership logo

Enurese nocturna secundária.

A enurese nocturna secundária é aquela que ocorre depois de um período de tempo de, pelo menos, 6 meses em que a criança controlou a urina durante a noite.
 
Ao contrário da enurese nocturna primária, este tipo de enurese parece manifestar-se mais nas raparigas.
 
Face ao seu aparecimento, é necessário recorrer ao pediatra para que este realize um exame que descarte problemas médicos, como infecções urinárias.
 
A causa da enurese nocturna secundária é essencialmente psicológica. As experiências de ansiedade (separação dos pais, nascimento de um irmão, internamento da mãe, adaptação na escola…) são consideradas antecedentes do problema. Embora existam factores orgânicos que favorecem ou predispõem a enurese nocturna secundária, o factor desencadeante está relacionado com o stress psicológico.
 
Face ao seu aparecimento, é necessário realizar um exame médico. No caso das infecções urinárias, numa baixa percentagem de casos, é possível que se manifestem com enurese. Uma vez solucionada a infecção, o quadro enurético abrandará.
 

Relativamente ao tratamento, os factos parecem confirmar uma maior eficácia do tratamento psicológico, cujo objectivo é identificar a situação que provoca mal-estar na criança e ajudá-la a melhorar o seu estado emocional.

Pode interessar-te: