Enurese nocturna primária.

Conteúdos
verificados por:

Partnership logo

Enurese nocturna primária.

A enurese nocturna é a perda involuntária de urina que ocorre exclusivamente durante a noite, em crianças que, devido à sua idade, já deviam ter alcançado completamente o controlo vesical nocturno. A idade adequada para alcançar o controlo vesical varia segundo os autores: para uns é aos 5 anos e para outros é aos 7. Seria possível admitir a partir dos 5 anos, nas raparigas, e dos 6 anos, nos rapazes, pela diferença que existe na maturação do aparelho urinário entre ambos os sexos.

As suas eventuais causas estão relacionadas com factores biológicos (atrasos maturativos, factores genéticos, pequena capacidade da bexiga, etc.). Os factores psicológicos não são considerados responsáveis pela enurese nocturna primária, ainda que a presença da enurese possa, isso sim, provocá-los (baixa auto-estima, evitar situações sociais, ansiedade) em determinadas crianças.

Nas crianças com enurese nocturna primária, é importante que o pediatra realize uma avaliação da situação.

Também é muito importante não culpabilizar a criança pela sua enurese, já que é algo que escapa ao seu controlo. Mas antes de começar um tratamento devemos ter a certeza de que a criança apresenta motivação e vontade de tentar resolvê-la.

TÃCNICAS DE MODIFICAÇÃO DE COMPORTAMENTO

Terapia motivacional: Transmitir confiança aos pais e à criança. Proteger da sensação de culpabilidade. Provocar e motivar no sentido do desejo de mudança da situação, oferecendo apoio emocional.

Dispositivo de alarme: Trata-se de um sensor de humidade que avisa que se está a produzir o esvaziamento da bexiga mediante um som de alarme. A sua função é acordar a criança no preciso momento em que começa a urinar. Perante o som, a criança acordará, terá consciência de que estava a começar a fazer xixi e poderá levantar-se e acabar de fazer xixi na casa de banho. Este sistema apresenta uma melhoria à volta dos 75%.

Exercícios de treino da bexiga em crianças com reduzida capacidade funcional da mesma. Trata-se de tentar aumentar a capacidade de retenção. Pode servir de ajuda em crianças com enurese nocturna primária quando se observa que, durante o dia, necessitam de ir muitas vezes à casa de banho.

Mudar estilos de vida: Não se revela eficaz nem resolve o problema. A sua eficácia não está esclarecida (acordar a criança durante a noite, impedir que beba líquidos nas últimas horas do dia…).

Métodos farmacológicos: Indicado para crianças com mais de sete anos de idade. O seu objectivo é aumentar a capacidade vesical e reduzir a produção de urina pelo rim. Nenhum dos medicamentos cura a Enurese Nocturna mas são utilizados para deter o quadro. Foi frequentemente utilizada a Desmopressina, que é uma hormona antidiurética com um êxito inicial alto, embora o paciente sofra uma recaída ao deixar de tomar a medicação. O seu uso foi desaconselhado pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Pode interessar-te: