?
Por qué registar?
Receberá as nossas newsletters com a informação relativa ao seu momento da gravidez ou do cuidado do seu filho.
Ao identificar-se em dodot.com, oferecer-lhe-emos informação personalizada.
Poderá participar na Comunidade Dodot.
Com um único registro terá acesso a Dodot, Kandoo e Happyjama.
Identifique-se
Recordar palavra-chave
Dodot.com
¿habla español?
Seleccione um tema:
Seleccione uma etapa:

Artigos

Problemas da tiróide durante a gravidez

0 votos

A glândula da tiróide, que se encontra na parte dianteira do pescoço, tem uma importante função reguladora do metabolismo (o consumo de energia no organismo). Se não funcionar bem, pode padecer-se de hipotiroidismo ou de hipertiroidismo, doenças causadas respectivamente pela hipoactividade ou hiperactividade da glândula.

Felizmente, muito poucas grávidas sofrem de uma ou de outra forma de desequilíbrio da tiróide: o hipertiroidismo afecta aproximadamente 6 em cada 1.000 grávidas e o hipotiroidismo 2 em cada 1.000. Ainda assim, todas as grávidas devem conhecer os sintomas, visto que um transtorno da tiróide pode afectá-las gravemente. Eis aqui o que deve saber:

 

Hipotiroidismo

Nos últimos tempos, os meios de comunicação prestaram mais atenção ao hipotiroidismo. Um estudo publicado nos Estados Unidos em 1999 revelou que as mulheres que apresentam glândulas da tiróide hipoactivas durante a gravidez têm o quádruplo de possibilidades de ter filhos com baixo quociente intelectual que as mulheres com uma tiróide normal. Este resultado é muito importante, uma vez que a medicina pode tratar os problemas de hipotiroidismo se se realizar um diagnóstico precoce.

O seu médico pode saber como funciona a sua tiróide com uma simples análise ao sangue. No entanto, não é provável que o faça, a não ser que você apresente algum sintoma que indique que pode padecer de um desequilíbrio deste tipo. Informe-o se apresentar algum destes sintomas:

- Fadiga
- Um aumento de peso inesperado
- Secura na pele
- Intolerância ao frio
- Fraqueza muscular

É claro que alguns destes sintomas são normais na gravidez, razão pela qual nem sempre se reconhece uma doença da tiróide, mas não perde nada por se submeter a uma análise. Se a análise revelar um baixo nível de tiroxina (a hormona que a tiróide produz), o seu médico indicará o tratamento indicado. A partir de então submetê-la-á a testes periódicos durante a gravidez e também após o parto, a fim de averiguar quanto tempo terá que continuar a tomar estes suplementos.


Hipertiroidismo

A hiperactividade da glândula da tiróide (hipertiroidismo) também pode causar problemas durante a gestação: as grávidas que padecem desta doença têm mais possibilidades de dar à luz um bebé de pouco peso. Também apresentam um maior risco de padecer de outros problemas, como a pré-eclâmpsia (também conhecida como toxemia), uma doença da gravidez que causa uma elevada pressão sanguínea, um brusco aumento de peso e a retenção de grandes quantidades de líquido.

Os sintomas de hipertiroidismo são:

- Intolerância ao calor
- Calor na pele
- Suor
- Tremuras
- Perda de peso
- Palpitações

O seu médico pode diagnosticar o hipertiroidismo com uma análise ao sangue e prescrever medicação para corrigir o problema. Ambos os tipos de problemas da tiróide podem aparecer também após uma gravidez, pelo que se lhe aparecerem os sintomas correspondentes a uma destas doenças após dar à luz, entre em contacto com o seu médico.

 

* Artigo realizado pela Dr.ª Freda e o Dr. Thornton
 

Partilhar

close

Adicionar os endereços à mão:

Adicionar

Vais enviá-lo a:

    O teu nome: O teu e-mail: Enviar